Normas Técnicas de um tubo de aço: descubra quais são
Normas Técnicas de um tubo de aço: descubra quais são
12 de julho de 2021
Descubra quais são os tubos ideais para condução de fluidos
Descubra quais são os tubos ideais para condução de fluidos
16 de julho de 2021

Conheça os principais tipos de tubos industriais

Conheça os principais tipos de tubos industriais

Conheça os principais tipos de tubos industriais

Saiba quais são os tipos de tubos industriais mais utilizados e quais suas características e aplicações

Os tubos industriais são produtos comumente usados em processos industriais, principalmente em aplicações que envolvem a distribuição de gases, óleos, vapores, lubrificantes e líquidos.

Via de regra, os tipos de tubos industriais mais usados são constituídos de materiais à base de ferro, como o tubo de aço carbono, por exemplo. 

Além disso, os diferentes modelos de tubos para indústrias variam de acordo com o diâmetro, a espessura da parede e o comprimento, além do material utilizado na fabricação.

Então, conheça agora mais sobre o tubo industrial e confira seus principais tipos!

O que são tubos industriais?

Os tubos industriais são, basicamente, itens que fazem parte das tubulações industriais, sendo fundamentais para o funcionamento adequado do sistema em que são inseridos, ao lado das válvulas e conexões. Sua função é assegurar o transporte e condução de gases, óleos, vapores, líquidos e lubrificantes. 

Esses tubos são utilizados em diversos formatos como: redondo, quadrado e retangular; variando também de acordo com suas bitolas.

Existem inúmeras vantagens associadas aos tubos industriais, como a alta resistência, o bom custo-benefício, o fácil manuseio, a versatilidade e a durabilidade – tais características podem ser mais presentes em alguns modelos que outros, pela forma e materiais que são usados na produção dos tubos. 

Como mencionado, os tubos industriais são muito versáteis, colocando-os como os itens ideais para os mais diversos segmentos e indústrias, tais como: 

  • Indústria alimentícia;
  • Indústria de processamento;
  • Indústria farmacêutica;
  • Indústria química;
  • Indústria petroquímica.

Vale ressaltar ainda que os tubos industriais devem seguir diversas Normas Técnicas, que atestam a qualidade, segurança e eficiência dos tubos. Conheça algumas delas:

  • ASTM A 500: Graus: A, B e C;
  • NBR 6591;
  • ASTM A 513;
  • DIN 2394;
  • NBR 8261: Graus: A, B e C;
  • EN 10305-3: Graus: E155 até E420;
  • EN 10305-5: Graus: E155 até E420;
  • DIN 2395.

Tipos de tubos industriais

No dia a dia, os tubos industriais podem ser divididos em dois tipos: os internos e os externos. 

Enquanto os tubos internos são responsáveis por diferentes tipos de processos (tubulações de processo, de utilidades, de instrumentação e de transmissão hidráulica e de drenagem), os modelos externos fazem o transporte e a distribuição (tubulações de transporte de drenagem e de distribuição e coleta).

Além disso, os tubos podem ser com costura e sem costura, com diferenças relacionadas à soldagem e aplicações. 

Por fim, saiba que os tubos industriais podem ser divididos em mais dois tipos: metálicos e plásticos. 

Os tubos metálicos podem ser ferrosos (aço carbono, aço-liga, inoxidável, fundido, forjado, ligado e modular) e não ferrosos (cobre, latão, níquel, alumínio, metal, chumbo, titânio e zircônio).

Já os tubos plásticos podem ser de diferentes materiais, sendo os principais podelos feitos de PVC, polietileno, acrílico, epóxi e poliéster.

Gostou do artigo sobre tipos de tubos industriais? Então, conheça o blog da Aparecida Tubos para ler mais conteúdo como este. Até a próxima!